Quem é que nunca se viu num problema de drivers de impressoras ou placas de vídeo? Esses elementos de software, apesar de serem meio abstratos para a maioria dos usuários comuns, são itens fundamentais para o bom funcionamento do computador e praticamente tudo aquilo que está conectado a ele. Explicando basicamente, os drivers são pequenos elementos de software que permitem a comunicação entre o sistema operacional e o equipamento em si – O hardware. São eles que, por exemplo, fazem a conversão dos dados digitais para serem impressos, ou regulam o processamento de uma placa de vídeo, mantêm esta tela na qual você está lendo esta matéria. Tudo, cada cor, forma e ícones, é obra do driver de vídeo, pois se o mesmo não estiver funcionando de acordo, a tela ficaria toda feia estranha.

No início, praticamente todos os equipamentos, como câmeras até telefones celulares, vinham acompanhados dos famosos discos de drivers, que permitiam a instalação no PC. Os equipamentos mais populares e os sistemas mais modernos, porém, excluíram essa necessidade criando uma compatibilidade prévia, que dispensa processos desse tipo e realiza a tarefa de maneira automática, o chamado Plug and Play e em alguns caso o driver já vem pré instalado na memória do dispositivo, que ao conectá-lo ao computador de forma invisível ao usuário ele instala o driver básico para a leitura da unidade interna e dá o usuário pode instalar o driver master ou aplicativo para funcionando, exemplo disso os modens 3G / 4G.
Downloads-de-Drivers
Instalação de drivers automáticos
É o que de fato acontece quando nós plugamos algo novo no PC, esse acessório pode ser um pendrive, impressora e etc. E quando aparece aquele balãozinho dizendo “Dispositivo de entrada USB”, isso significa que o Windows possui a contabilidade necessária para acessarem trabalhar com aquele periférico, que todas as funções dele trabalharão normalmente com o sistema operacional. E em muitos casos, a Microsoft montou a partir do Windows Vista um acervo de drivers de fabricantes conhecidos, dai quando você conecta um dispositivo em seu computador, o sistema operacional faz uma varredura na base de dados do acervo de drivers (necessário conexão com a internet) e verifica se há algum driver compatível com aquele dispositivo.

Em princípio, qualquer periférico, incluindo o hardware “básico” requer drivers para funcionar. No entanto, você não precisa instalar drivers para o seu disco rígido, por quê?
Para baixar o sistema operacional você deve acessar o disco rígido, mas, como fazê-lo se você ainda não tem um sistema operacional?
(É o BIOS que, ao iniciar o computador, age como um sistema operacional, permitindo aos componentes vitais (placa de vídeo), disco rígido, leitor de disquetes, teclado) inicializem graças aos drivers padrões. Na verdade, o BIOS inicializa a placa de vídeo que tem, com funções gráficas que exibirão as primeiras informações da BIOS, processador, placa mãe, disco rígido e etc. O mesmo vale para o disco rígido que inicializará o sistema operacional usando os drivers padrões. Uma vez que o sistema operacional é inicializado, ele irá tomar o poder para controlar alguns periféricos graças aos drivers fornecidos pelo fabricante do hardware, ou graças aos drivers padrões.

Instalar um driver no Windows
A atualização dos drivers pode melhorar o desempenho do seu sistema operacional e gráfico, mas isso não significa que seus periféricos rodarão “mais rápidos”, normalmente, eles serão usados em suas funções específicas. Isso quer dizer que se o seu sistema funciona perfeitamente, não é realista (mas todos nós temos feito isso) de acreditar que ele melhorará seu desempenho com novos drivers, porque se, por um lado, a instalação de novos drivers pode ser benéfica em um sistema instável, ela também pode criar novos problemas em um sistema estável. Ou seja, algo bom pode se tornar ruim ou vice e versa. Mas, sempre é bom manter seu computador atualizado e caso tenha algum problema, procure um expert no assunto para te ajudar.

Assim sendo, devemos atualizar somente o que estiver funcionando mal… Em geral, devemos ler o arquivo texto (ex: leiame.txt) que acompanha o driver para ver as melhorias que podem trazer a instalação deste novo driver!

via kioskea, canaltech

Compartilhe isto:

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS