Provavelmente você já tenha se perguntados por que a setinha do nosso mouse é inclinada para cima e à esquerda, não é verdade? Mas, mesmo assim a quantidade de pessoas que se fazem essa pergunta é consideravelmente muito pequeno Com isso, a explicação para essa questão não é muito falada por ai. Ou seja, geralmente o que as pessoas têm curiosidades, é o que os expert escrevem para responder.

Pois muito bem, há um motivo bastante prático para que o cursor seja do jeito que é hoje — e isso vem de um tempo em que a computação dava os seus primeiros passos. Para começar, pare e imagine os primeiros computadores e aparelhos eletrônicos como tinham gráficos ruins, assim como uma resolução de imagem era bastante precária, ou seja uma resolução super baixa.Seta mouse

Um problema de “vista”
Teve uma época em que os cursores eram retos, apontavam para a parte superior da tela, como uma arvorezinha seria o nosso cursor hoje se ficasse em posição ereta.
Interessante que muitas pessoas acham que ele devia ser assim e não inclinado. Mas, como todo projeto, sempre há erros e correções. O problema começou quando as maquinas da XEROX PARC foram criadas, e com o uso diário, ficou constatado que a baixa qualidade de imagem acabava gerando um problema simples e ao mesmo tempo importante.
Por contas de varias imagens pixeladas ficava difícil diferenciar o cursor do restante das demais informações que apareciam na tela, já que ele se parecia muito como outros traços da tela.
Seta mouse antiga

Mudanças necessárias…
Assim, mais tarde, depois de descobrir e constatar esse problema de visualização, Engelbart realizou algumas pesquisas e constatou que se o cursor fosse 45º graus inclinado seria mais fácil de ser visto pelos usuários de computadores da época. E é claro que essa ideia foi adotada por todas as fabricantes, porque hoje a nossa “setinha é inclinada para a esquerda e em alguns sistemas operacionais (S.O) ela é inclinada para a direita (ex: Algumas versões do linux – Sistema operacional livre)

De inicio, somente a Xerox começou a trabalhar com a seta inclinada, mais com o tempo outras grandes empresas adotaram essa “técnica”, como é o caso da Microsoft e Apple. Com isso, a nova fase do cursor inclinado como conhecemos atualmente se alastrou pelo mundo e foi muito bem aceito, de forma que ele é praticamente o mesmo há décadas.

Os computadores as vezes nos escondem algumas coisas como por exemplo você só pode esconder a setinha no canto direito da tela no esquerdo não, sabe por que?
O ponteiro é assim para que a linha esquerda seja vertical como se fosse um cursor de texto que fica paralelo as laterais da tela, porém com o desenho da setinha expandido para a direita. Perceba que na lateral direita da tela, o corpo do ponteiro se esconde aparecendo apenas a linha esquerda, e na parte inferior da tela fica apenas a pontinha aparecendo.
Esse é o primeiro pixel do bitmap do sua setinha, com a ponta exatamente na posição (0, 0) podendo alcançar todos os pixels da tela facilmente. Você pode perceber que o click é exatamente na ponta da seta e o resto é só desenho.

via Tecmundo

Compartilhe isto:

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS